BRANCOS SÃO OBRIGATÓRIOS
São Paulo, sexta, 22 de janeiro de 1999

Com este calor de torrar o cérebro, os vinhos brancos se fazem obrigatórios, principalmente no almoço, e uma das castas que gera mais frescor é a Sauvignon Blanc.
A acidez pronunciada e os aromas lembrando frutas cítricas transformam os vinhos feitos com essa uva em bebidas refrescantes e, ao meu ver, vinhos diurnos. Existe isso? Por mais que se tenha um ar - condicionado potente, um Bordeaux tem uma característica noturna, mas se eu me deparar com um Pomerol no café da manhã...
Um dos vinhos mais bebidos nos bistrôs parisienses é o Sancerre, que, supostamente, tem uma qualidade variável. Antes de mais nada, o Sancerre "fica lindo na foto", com uma das variedades de queijo que mais amo, os de cabra - o Crottin de Chavignol ou o Chabichou de Poitou, os dois do Vale do Loire, assim como o vinho.
Dentre os disponíveis, o Sancerre La Chadouillonne 96, do produtor Fournier, é um dos melhores, não muito ácido, longo na boca e com aromas lembrando erva-doce.
Mas o obrigatório é o de Alphonse Mellot, o Domaine la Moussière 95, elegante com aromas de melão maduro e casca de limão.
Falando um pouco mais grosso em Sauvignon Blanc, o máximo que a uva alcança no Loire são os Pouilly Fumé. O Silex, do produtor "hippie" Didier Dagueneau, é o top - o 95 está explodindo aromaticamente com melão, grama cortada e boca infinita para escoltar brilhantemente queijos de cabra mais curados.
Se o que você procura é a "grosseria total" em Sauvignon Blanc secos (Sauterness é um capítulo à parte) temos de cair em Bordeaux. Na região de Graves, a uva está sempre num blend com a Semillon e Muscadelle -aqui temos uns dos melhores brancos do mundo, mas com preços sempre "graves".
Um dos meus favoritos é o La Ville Haut-Brion, do qual degustei as safras de 85 e 90. O 85 veio com os aromas típicos de vinho branco envelhecido (palha e frutas maduras), mas o 90 está entre os cinco melhores brancos que já tomei!
O queijo de cabra não é das melhores combinações nesse caso, mas sim nossos amigos do mar com os beurre blanc da vida.