RESTAURANTE
Peixe fresco & frutos do mar...
...e vinho para acompanhar


Peixe fresco e as ameijoas: frescor nas mesas do Satyricon
Apesar de ser uma cidade onde o mar é um monumento sublime, comer peixe fresco é uma certa raridade no Rio de Janeiro. Em compensação, o melhor restaurante de frutos do mar do Brasil fica no Rio, o Satyricon. Frescor é a palavra-chave da felicidade nas mesas do Satyricon, sempre abarrotadas de turistas do mundo inteiro.

Todas as vezes que visitei o restaurante nos últimos dez anos, sempre me encanto com a variedade, frescor e qualidade dos peixes da casa do casal Miro e Marly Leopardi, também donos da pizzaria Caprichosa.

A equipe do salão é sempre muito atenciosa, mas sou tratado como um filho pelo maître Ary Ximenes que tem larga experiência do famoso restaurante vintage carioca Montecarlo, que conheci a segunda versão.

Carpaccios de peixe e seus molhos. Para acompanhar, vinho branco
Eu sempre começo com os carpaccios de peixe, que são regados por molhos delicados: tomate e salsa para o atum cru; laranja para o salmão e alcaparras e limão para peixes brancos como olho-de-boi e robalo. Devoro no mínimo uns três pratos de carpaccio, escoltado por um vinho branco mais floral como Condrieu ou Hermitage branco.

Eu não posso comer ostra hoje em dia, mas quando comia me esbaldava com aquelas preparadas no Satyricon.

Camarões gigantes, lagostim e king crabs: iguarias raras
Em seguida, se o bolso permitir, um belo Borgonha branco ou um Vin Jaune do Jura e as iguarias raras da casa: o camarão de águas frias e profundas; o gambero rosso; ou o caranguejo gigante, king crab; lagostas mais do que vivas; camarões gigantes; vieras frescas, etc. Muito importante notar o ponto de cozimento dos frutos do mar, sempre perfeitos, o que não é tão fácil encontrar por aí.

A carta de vinhos é ótima, e o serviço da bebida melhorou sensivelmente nos últimos anos com copos apropriados, modelos Borgonha e Bordeaux da marca Spiegelau e decanters limpos.

Espaguete aos frutos do mar e molho de pimenta: combinação perfeita
No final de semana preparam um cordeiro assado que já tem cadeira cativa de muitos comensais cariocas. Meus pratos favoritos são o camarão gigante com risoto de limão e o espaguete aos frutos do mar, o melhor que conheço disparado. A massa aos frutos do mar fica perfeita com um branco do Jura como o Baud, comentado aqui na coluna, mas sempre arrisco um Borgonha tinto de médio corpo e maior acidez como Pommard e Volnay jovens e frutados.

Menu degustação: seleção primorosa de frutos do mar
O peixe no sal grosso é o recorde de vendas da casa, e realmente é um primor o ponto de cozimento, acompanhado de um ótimo purê de batata que mergulho com tudo.

Não posso esquecer de um detalhe sensacional, o pão feito na casa - tenho sempre que me controlar - , e a pizza branca que pelo fato de ser fina, finjo que é light, leve...

E tem mais... Uns meses atrás escutei na trilha que toca no restaurante o segundo movimento de A Love Supreme de John Coltrane, o Resolution. Eu já estava na segunda garrafa, deu vontade de voltar aos carpaccios e começar tudo de novo.